É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo. Clarice Li

15
Dez 13

          

                           

Um amor assim delicado
Você pega e despreza
Não devia ter despertado
Ajoelha e não reza

Dessa coisa que mete medo
Pela sua grandeza
Não sou o único culpado
Disso eu tenho a certeza

Princesa, surpresa, você me arrasou
Serpente, nem sente que me envenenou
Senhora, e agora, me diga onde eu vou
Senhora, serpente, princesa

Um amor assim violento
Quando torna-se mágoa
É o avesso de um sentimento
Oceano sem água

Ondas, desejos de vingança
Nessa desnatureza
Batem forte sem esperança
Contra a tua dureza

Princesa, surpresa, você me arrasou
Serpente, nem sente que me envenenou
Senhora, e agora, me diga onde eu vou
Senhora, serpente, princesa

Um amor assim delicado
Nenhum homem daria
Talvez tenha sido pecado
Apostar na alegria

Você pensa que eu tenho tudo
E vazio me deixa
Mas Deus não quer que eu fique mudo
E eu te grito esta queixa

Princesa, surpresa, você me arrasou
Serpente, nem sente que me envenenou
Senhora, e agora, me diga onde eu vou
Amiga, me diga...

 

Caetano Veloso

 

publicado por Annallegra às 17:51

Counters

posts recentes

Um amor delicado...

posts recentes

Um amor delicado...

comentários recentes
Lindo, em especial o título...
Adorei o titulo, seria um enorme prazer, certament...
Aqui estou, finalmente tenho net...te espero Jokin...
Chamas por mim...sempre aqui estive (a teu lado)Te...
Ola doce gatinha...finalmente livre de todos os ma...
Ola Ana faz muito tempo que nada sei de ti...bjos
oi amiga! bom te ver de novo!andei afastada mas vo...
Que fique 100% boa rapido, sei o que é não ter um ...
Desejos de rápidas melhoras para sua Mãe, e que es...
Oh gata... tu aí à janela assim não apanhas nenhum...
blogs SAPO